As 5 mais: Maratona de Londres

Neste último domingo a cidade de Londres, na Inglaterra, teve a sua maratona. A maratona de Londres foi inspirada no sucesso da maratona de Nova York, e foi realizada pela primeira vez em 1981. 


É a única maratona do mundo disputada em dois hemisférios (ocidental e oriental), pois a cidade de Londres é cortada pelo Meridiano de Greenwich, cruzado várias vezes durante o percurso.

Além de ser uma das cinco mais importantes maratonas do mundo, com um total de prêmios de cerca de US$1 milhão também é uma grande celebração anual esportiva da cidade, transmitida ao vivo pela televisão para diversos países.

Com um dos níveis técnicos mais altos do mundo, devido à presença de grandes corredores internacionais atraídos pelos altos prêmios em dinheiro oferecidos pelos organizadores, a prova é realizada num percurso plano e rápido - responsável por alguns recordes mundiais já obtidos ali - em volta do Rio Tâmisa, passando por diversos pontos históricos da cidade como o Parlamento britânico, o Palácio de Buckingham e a Torre de Londres.

Apesar de participação dos maiores maratonistas do circuito mundial em cada edição, é a massa humana de corredores amadores que dá o ar de festa à competição. Milhares deles, de dezenas de países diferentes, caracterizados como personagens dos mais divertidos aos mais estranhos, como frutas ou com fantasias de mais de 4 m de altura, participam da corrida carregando canecas onde recolhem donativos dados pelo público mais tarde dedicados pela organização da prova à caridade e são os principais responsáveis por atraírem quase um milhão de espectadores às ruas de Londres para incentivar e torcer pelos competidores.

O vencedor da prova masculina deste último domingo foi o queniano Wilson Kipsang, com o tempo de 2h04m44s. Em segundo ficou o seu compatriota Martin Lel, com 2h06m51s, enquanto que em terceiro ficou o etíope Tsegaye Kebede, com o tempo de 2h06m52s.

No feminino, a grande vencedora foi a queniana Mary Keitany,que estabeleceu a melhor marca do ano com o tempo de 2h18m37s. 

O brasileiro Marilson dos Santos  terminou a corrida em oitavo lugar, com o tempo de 2h08m03s, um pouco acima das 2h06m34s, sua melhor marca. 


Comentários

Postar um comentário