2 horas e 32 minutos

2 horas, 32 minutos e 45 segundos. 1644 calorias. 21,16km. Eis que completo a minha primeira meia maratona. É bem verdade que eu achava que ia ser um pouco mais rápida, mas tá bom, tá ótimo, tá lindo. Eu completei e tô feliz e orgulhosa demais!

Eu senti várias coisas ao longo desses 21 km na prova de hoje, a Golden Four Asics. Lá pelo km 13 senti dor nas costas, lá pelo km 14 uma corredora desconhecida começou a competir comigo e com as minhas companheiras, lá pelo km 17 minhas pernas começaram a queimar de dor, lá pelo km 20 me faltou ar e eu recebi incentivo e apoio, faltando 500 m minha respiração faltou, faltando 100 m eu quase chorei, mas a vontade de chegar logo e o cansaço eram tantos que me faltaram lágrimas. Mas eu tô viva, inteira, apesar de algumas dores e aqui pra contar no blog o que foi completar uma meia maratona!

Venho me preparando desde Julho para correr essa prova. Eu já queria ter feito uma meia maratona desde o ano passado, mas não consegui, outros compromissos surgiram, e eu fui adiando esse sonho! Sonho que um dia já pareceu muito distante pra mim. Há uns 2 anos eu não pensava em correr 21 km, no máximo 10 km, que dirá 10 milhas. Mas os 21 km se tornaram meta. E felizmente se tornaram realidade.

Meu marido, o Almir, me incentivou e disse que eu conseguiria, mas me alertou que não seria fácil! Minha assessoria esportiva Evolua Multisports me preparou para isso, montou minhas planilhas de treino, algumas vezes pegou no meu pé. Minha companhia nesses meses de Julho pra cá, Karla Barbosa, treinou comigo todas as terças, quintas e sábados de manhã cedinho e foi muito importante, pois seria muito difícil se não impossível fazer essa prova sozinha.

Obrigada tio Éder Vilanova pelo clube de corrida mais incrível de BSB, obrigada Marcela Brown pelos incetivos, obrigada tios da Evolua! Obrigada Karlota pela companhia e amizade! Obrigada Almir, por ter colocado a corrida de rua na minha vida!

Eu achava que seria mais fácil, mas quem disse que correr meia maratona é fácil? Eu achava que não iria sofrer tanto, mas eu sofri, e acho que o sofrimento faz parte.

Se eu quero fazer outra meia maratona? Definitivamente SIM! Eu já até sei onde e quando, só dependo de ser sorteada para participar da New York City Half Marathon.

Amigas queridas que a corrida me deu!
A medalha!
O tempo!
A galera da Evolua!


Comentários

  1. Aêêêê Dani! Parabéns pela conquista. Você quis e conseguiu seu objetivos. E que medalha linda!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Dani!!! Tô muito orgulhosa de vc e muito feliz por ter feito parte dessa conquista... Meia Maratona não é fácil, nunca é, por mais que vc treine, se prepare, como nós fizemos, sempre tem algum sofrimento... Espero que essa tenha sido a nossa primeira de muitas meias maratonas juntas!!! Correr e treinar com vc é muito bom, vc é uma companhia maravilhosa e tb é uma amiga que a corrida me deu... Espero que nossa próxima meta dê certo, estou super feliz com a idéia e torcendo muito pra ela acontecer!!! Pode sentir muito orgulho de vc, pq 21km não são pra qualquer um... bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Realmente 21km não é tarefa fácil. Você pode se considerar de um seleto grupo de meia-maratonistas! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Daniiiiiiiiiiiiii, parabéns! Não consigo imaginar o que é correr 21 km. Mas com certeza você fez por merecer!
    Beijão.

    ResponderExcluir
  5. Pô Dani, tá poderosa correndo 21km!!! Tomara que você consiga correr a sua próxima meia em NY! Torço por você.

    ResponderExcluir
  6. Agora sim, hein!!! Parabéns pela meia maratona. Sorte e saúde para as próximas provas! Seu depoimento foi emocionante!

    ResponderExcluir
  7. Daniela, não consigo imaginar o que seja correr 21km! Isso pra mim é coisa de profissional! Parabéns pela façanha!
    Abraço,
    Antônio.

    ResponderExcluir
  8. Prima to impressionada!!! Parabéns por ter alcançado o seu objetivo! Legal demais o relato de tudo o que você passou... sofrido tadinha! Ainda bem que eu não estava lá, se não eu ia te tirar da corrida hauauhauhau!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Foi a Cacau que escreveu =)!

    ResponderExcluir
  10. Dani Corredora, eu já corri essa prova também, ano passado. Esse ano, infelizmente por compromissos profissionais, não pude correr a Golden 4. Mas sei exatamente o que você sentiu e passou, pois comigo foi parecido, esta prova também foi a minha primeira meia maratona. Espero que seja a sua primeira de muitas, pois nesse ano já corri outra Golden 4, em São Paulo, e digo que foi um percurso mais difícil do que aqui em Brasília, mas como eu estava mais treinada, me senti melhor.
    Parabéns.
    Greice.

    ResponderExcluir

Postar um comentário