Bolhas nos pés

Na minha última corrida, a meia maratona de Nova York tive uma bolha no pé. Foi a coisa mais esquisita, pois lá pelo meio da prova senti alguma coisa incomodando entre dois dedos do pé direito, e pensei, deve ser uma bolha querendo aparecer. Aí continuei correndo e de vez em quando sentia aquele pequeno incomodo. Quando terminei a corrida e voltei ao hotel, fui logo tirando tênis e meia para ver como estava o local da bolha. Qual não foi a minha surpresa quando tirei o tênis do pé direito e a ponta da meia estava suja de sangue, porém já seca. Tirei a meia e os dedos estavam limpos, mas a bolhinha estava lá estourada entre dois dedos. 

Já tive bolhas nos pés depois que comecei a correr distâncias maiores que 10km, mas nunca uma bolha de sangue. Acho que com o frio, o sangue estancou rápido e a bolha secou. Não sei se isso é normal de acontecer, mas foi o que aconteceu comigo.

Como não foi a primeira vez que tive bolha entre os dedos, resolvi dar uma pesquisada e pretendo fazer alguns testes para tentar evitá-las.
  • Use um tênis do tamanho adequado: já foi comprovado que tênis apertado causa bolhas. O tênis precisa ficar confortável. O pé não pode ficar "dançando" dentro dele, mas também os dedos não podem ficar espremidos. O tênis deve estar bem amarrado, sem apertar demais e nem deixar solto.
  • Use meias adequadas: existem algumas meias que dizer ser "a prova de bolhas". São facilmente encontradas nos EUA. De forma geral, as meias de nylon são mais abrasivas que as de algodão, portanto se puder escolher, prefira as de algodão.
  • Use lubrificantes: lubrifique os pés para diminuir a fricção que causa a bolha. A vaselina ou o talco antes da corrida ajudam bastante.
  • Proteja as áreas de risco: se você tem áreas que são mais propensas as bolhas, proteja-se antecipadamente. Use esparadrapo, fita crepe, bandaid ou até silver tape. Coloque com o pé bem seco para que a fita não descole.
Agora se você já está com bolhas veja como tratá-las:
  • Se não está doendo, não mexa. Deixe assim.
  • Se está interferindo na sua corrida, é preciso fazer algo. Tenha cuidado para evitar infecções. Esterilize uma agulha, limpe a área da bolha usando antisséptico e faça um pequeno furo na bolha. Não tenha medo. A pele da bolha já está morta, o que não causará dor.
  • Pressione o líquido para fora.
  • Limpe novamente a região com o antisséptico.
  • Deixe secar e cubra com gaze ou bandaid. Pronto!

Comentários

  1. Legal Dani.
    Não parece mas as bolhas são comuns e é sempre imporante termos essas dicas guardadas na memória para ajudar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente toda pessoa que corre, já teve ou vai ter bolha. Não estamos livres.
    Abraço,
    Marcos.

    ResponderExcluir
  3. Legal o post Dani. Sou um cara de sorte, raras vezes tenho bolhas, aliás nem lembro direito a última vez mas as dicas são muito valiosas!
    Abraço!
    Milton - http://vintesemanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Dani,
    eu costumo colocar esparadrapos em volta de todos os dedos quando vou fazer treinos longos já pra prevenir das bolhas. Funciona!

    Greice.

    ResponderExcluir
  5. Ótimas dicas Dani,

    Tento evitar ao máximo bolhas. O engraçado é que até hoje só tive problemas com elas numa caminhada. Nesse dia também tive uma bola com sangue, mas no meu caso tive que eu mesmo estourá-la. Essa minha bolha foi causada por um par de meias muito apertadas.


    Abraços,

    Danilo Confessor
    Blog Confissões de um Confessor

    ResponderExcluir

Postar um comentário