Doping no atletismo

Na semana passada, a imprensa internacional noticiou os casos de doping no atletismo que flagrou Tyson Gay, Asafa Powell, Sherone Simpson e outros três atletas profissionais da Jamaica. 

A substância acusada no exame, que é proibida pela Agência Mundial Antidoping (WADA), a oxilofrina, é um estimulante usado para tratar estados de hipotensão, com ação semelhante à da efedrina. Especialistas com conhecimento em dopagem afirmam que esta substância permite uma vantagem no âmbito esportivo, aumentando a produção de adrenalina, estimulando a resistência e melhorando a velocidade, uma vez que também aumenta a oxigenação no sangue. A oxilofrina é terminantemente proibida pela WADA e, na maioria das vezes, é ingerida através de suplementos de nutrição desportiva.

Por causa destes casos, os três Gay, Powell e Simpson ficarão fora do Mundial de Moscou em agosto. O norte-americano Tyson Gay liderava a lista das melhores marcas de 2013 nos 100 metros. A prova mais nobre do atletismo também não terá Asafa Powell, que tinha a terceira melhor marca do ano. Sherone Simpson é dona de três medalhas olímpicas no revezamento 4x100m.



Comentários

  1. Só penso o seguinte... triste ver casos e mais casos de doping no esporte.
    Abraço!
    Milton - http://vintesemanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Como disse o amigo aí em cima, é muito triste mesmo ver esses casos de doping acontecendo no atletismo, antes isso era uma coisa corriqueira no ciclismo, o que queimou muito o filme das competições de bike. Agora ver nomes como desses atletas de elite envolvidos com substâncias ilícitas faz o esporte cair no descredito.
    Abraço,
    Marcos.

    ResponderExcluir
  3. Dani Querida, tenho acompanhado os casos de doping com tristeza. Infelizmente, houve casos com brasileiros também. Duas feras brazucas do atletismo ficarão de fora do mundial. Deve ser complicado para equipe envolvida daqui. Só posso lamentar...
    beijos e bons treinos lindona.
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @Correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrando, Helena, alguns atletas brasileiros também foram flagrados com a mesma substância. É realmente complicado! Será que estes sabiam que estavam ingerindo algum produto que continha essa substância, ou a coisa foi feita de má fé mesmo?

      Excluir

Postar um comentário