Da caminhada à corrida

Esse espaço aqui ainda meio parado e desanimado ultimamente. A blogueira aqui anda na correria de trabalho e treinos e aí acaba abandonando o blog. Eu tenho essas fases mesmo, parece que tudo acontece ao mesmo tempo, treinos pra meia maratona, projeto novo no trabalho, e aí as prioridades vão falando mais alto.

Mas pra não deixar o blog de lado, venho hoje com 7 dicas de como passar da caminha para a corrida sem sofrimento. Muitos corredores já passaram por isso, eu inclusive, comecei alternando entre caminhada e corrida na esteira, mais caminhando do que correndo, depois passei a correr na rua, ainda alternando com caminhada e hoje corro meia maratona!

1. Comece devagar
Incorpore a corrida a sua caminhada. Por exemplo, se você caminha durante 30 minutos ao dia, 4 vezes por semana, tente adicionar 1 minuto de corrida para cada 9 minutos de caminhada. Para tornar a corrida possível, aumente 1 minuto por semana até que você consiga correr confortavelmente por 30 minutos.

2. Inscreva-se em uma corrida
Defina uma meta para treinar com uma corrida no seu calendário. Mesmo que você não consiga correr durante todo o percurso, a corrida é uma ótima oportunidade para testar seus treinos. E ainda irá te motivar a melhorar o treino a cada semana. Comece com uma corrida de 5km em um percurso tranquilo.

3. Gerencie as dores
Se você começar a sentir dores após incorporar a corrida a sua caminhada, tente identificar se você está apenas dolorido pelo esforço ou se é alguma lesão. A dor é esperada pois você estará testando novos músculos, mas não deve nunca ser doloroso. Tente manter os principais grupos musculares das pernas e quadris soltos fazendo alongamentos dinâmicos algumas vezes por semana.

4. Tênis correto
Por incrível que pareça existem tênis diferentes de caminhada e corrida. E é importante saber o tênis adequado para sua pisada. Alguns modelos de tênis podem ser caros, mas um bom par de tênis é um equipamento essencial. Não compre um modelo porque um amigo apenas falou que gosta, tênis são únicos assim como nossos pés.

5. Abrace o desconhecido
Não, não é para sair abraçando qualquer um que você ver correndo na rua! Se você está em transição da caminhada para a corrida, pode levar alguns meses para você se sentir confortável. Tudo que um dia pareceu normal poderá se tornar mais difícil. Quando devo respirar? Quando 60 segundos pareceu tão longo? Primeiro será mais difícil para depois se tornar fácil. Tente relaxar corpo e mente.

6. Descubra o seu pace
Se você não conseguir falar mais que duas palavras concisas quando estiver correndo, você está indo rápido demais. Por outro lado, se você conseguir cantar uma música inteira, você deve estar correndo muito devagar. No início pode ser um pouco frustrante, permaneça mais lento enquanto você estiver desenvolvendo resistência. Isso irá prevenir de lesões.

7. Corra, recupere, descanse
Reduza sua quilometragem e/ou tempo de treino em 1/3 a cada 4 semanas. Tire um dia off para descansar ou reduza sua quilometragem a cada 4 semanas. Isso previne lesão e dá uma sensação de frescor as pernas.

Comentários

  1. Corredora,
    não pare com o blog não, sentimos falta dos posts!
    Abraço,
    Greice.

    ResponderExcluir
  2. Excelentes dicas! Continue sempre com seu Blog!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, muito bom, Dani, adorei a parte do abrace o desconhecido, kkkkk... Acho que em toda nova atividade física a gente se depara com isso! Vai doer um músculo que a gente nem sabia que tinha!
    Abraço,
    Marcos.

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas, Dani! É isso mesmo. Achei perfeitas mesmo! Acho que todo mundo deveria seguir e com a certeza de se tornar um corredor. De ALMA!

    ResponderExcluir
  5. Dani, de todas as dicas a que mais gostei foi a 7. Descanso também é treino. Dar um tempo para as pernas se recuperarem é essencial. Parabéns lindona. Foco, força e fé. beijos

    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    Twitter @Correndodebem

    ResponderExcluir
  6. Muito bacana esse blog. Vc esta de parabens...to morrendo p conseguir 10km...imagino a alegria de concluir a quinta meia. Parabéns.

    ResponderExcluir

Postar um comentário