Papo de corredora - Cabelos

Coloquei o nome do post de papo de corredorA porque dificilmente os rapazes vão se interessar pelo assunto em questão: cabelos! Mas aos que se interessarem, sejam muito bem vindos!


Quando corremos ou praticamos alguma outra atividade física frequente, é normal nos preocuparmos com o nosso corpo e esquecer dos nossos cabelos. Esse era o meu caso, principalmente quando eu fazia luzes nas minhas madeixas, desde sempre fui muito relaxada com o cabelo, mas depois de muito tempo mudando a cor e praticando esporte, os fios começaram a ficar quebrados e frágeis. De uns tempos pra cá comecei a dar mais atenção aos fios e até voltei a cor original dos meus cabelos, estão escuros novamente.

Durante os treinos liberamos muito suor, um dos grande inimigos dos cabelos, fazendo com que parte do sal que há nele danifique os fios, ressecando-os.

Vou passar 5 dicas para não danificar o picumã ao fazer exercícios. Depois que aderi a esses simples passos e tratar mais os meus cabelos, ele nasceu de novo. Vamos lá!
  1. Passe um bom leave in ou óleo específico para seu tipo de cabelo, antes de prender os fios para se exercitar, pois ele irá criar uma película e ajudará a proteger o cabelo, evitando que ele se quebre.
  2. Prender os cabelos sempre bem alto (rabo de cavalo ou coque) evitando o contato com o suor.
  3. Lavar os cabelos logo após o treino é fundamental. Além de retirar as impurezas do suor dos fios, protege o couro cabeludo que também sofre com o excesso de suor.
  4. Utilizar xampú e condicionar sem sal. Enxague bem os fios para retirar completamente o suor dos fios.
  5. Hidratar sempre. O suor acaba ressecando o cabelo, por isso hidrate. A frequência da hidratação pode variar de acordo com o tipo de cabelo.
Espero que tenham gostado das dicas, bons treinos e até o próximo post!

Comentários

  1. Ótimo Post, Dani!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani... Ótimo post... Pois é, ultimamente os meus cabelos estavam sofrendo demais por causa dos treinos intensos e longos (mesmo correndo com coque, uma vez que o rabo de cavalo teria muito contato com o suor). Nossa, os fios chegaram a um ponto assustador e aí comecei a dar mais atenção a eles, he he he... Gostei da dica do óleo antes da corrida. Vou testar e depois te digo o que achei...
    Um super beijo e bons treinos...
    Carolina
    Blog Viajar correndo
    Facebook
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Carol, a gente acaba se descuidando um pouco dos cabelos né?
      Por isso achei legal escrever sobre o assunto.

      Excluir
  3. Oi corredora,
    sempre lembro de passar protetor solar, mas acabo esquecendo dos cabelos e eles sofrem muito com o sol e o suor.
    Valeu pelas dicas.
    Abraço,
    Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem dias que até do filtro solar eu esqueço, Greice! :(

      Excluir
  4. Dani, picumã foi novidade pra mim. Preciso visitar o Aurélio para saber o que é. rs
    Sobre o cabelo, aqueles produtos da pink cheeks são bárbaros. Eu uso o antischock e é bom demais. Tem até um cheirinho bom. Mas, a dica de lavar logo após o treino parece óbvia, mas é essencial. Cuidar dos fios logo após o treino faz toda diferença. Adorei as dicas!
    beijos
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    Twitter @Correndodebem
    IG @correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk... Picumã, Helena, pode ser cabelo, fuligem ou uma teiazinha de aranha!
      Eu já vi propaganda desses produtos da Pink, mas nunca usei. Qualquer hora dessas vou experimentar!
      Beijo.

      Excluir

Postar um comentário