Contagem regessiva para Floripa

A contagem regressiva começou, em 1 mês estarei correndo a Meia Maratona de Floripa. Venho treinando para esse evento desde o início de abril, e finalmente está chegando a tão esperada hora de encarar os 21km. Confesso que já estou um pouco ansiosa para o dia 12 de junho. Ainda mais porque esse ano não corri nenhuma prova antes dessa, só treinei, treinei e treinei. 

Para se ter segurança e passar pela marca dos 21km de maneira razoavelmente tranquila é necessário fazer um pequeno ajuste na rotina,  tanto de treinamento quanto de descanso e alimentação.

Agora além dos últimos treinos longos que vêm pela frente, 14km nos próximos 2 sábados, 16km daqui 2 semanas e 12 km uma semana antes da corrida, e dos treinos intervalados às 3as e 5as feiras, agora é hora de treinar a mente. Hoje meu treino foi de 8,5 km. Se eu morasse na cidade onde vai acontecer o evento, certamente iria dar uma volta de carro ou mesmo treinar pelo percurso. Mas como estou longe, o jeito é estudar o mapa do percurso, aliás já olhei o mapa do percurso várias vezes. 

A parte boa dessa reta final é poder ingerir um pouco mais de carboidratos, na semana da corrida, mas tomando cuidado com o consumo de açúcar, gordura e proteína, afinal o carbo é que vai dar aquela energia! 

Manter o corpo hidratado, como já estou acostumada, principalmente na semana da prova. A minha nutricionista recomenda que eu beba normalmente 2 litros de água/dia, e também 1 litro de chá (que leva chá verde, hibisco, cavalinha e canela). Ajuda profissional é sempre importante, e um nutricionista pode ajudar a conhecer o próprio corpo, explorando todas as melhores características e extraindo a melhor performance possível.

Sigo fazendo musculação de 2 a 3 vezes por semana, meus treinos são bem específicos para a corrida. Mas uma atividade que me ajuda bastante é o pilates solo. Não faço tantas sessões quanto deveria, mas quando faço me sinto super bem. A lista de benefícios do pilates é longa, renderia um post inteiro só sobre essa modalidade, quando eu conseguir me impor uma frequência maior às aulas de pilates prometo que irei escrever um post sobre o assunto, mas só para resumir, o pilates ajuda na consciência corporal, ajuda na postura, melhora a respiração, tonifica os músculos e melhora o equilíbrio e coordenação (esses 2 últimos itens ainda são um desafio pra mim, quem me conhece sabe que tropeço correndo em terreno plano).

Acho que agora é tentar conter a ansiedade durante esse mês que falta, torcer para que no dia da corrida a temperatura esteja perfeita, e ter em mente que todo o esforço e dedicação serão retribuídos com mais um desafio conquistado!

Bons treinos a todos e até o próximo post!

Comentários

  1. A ansiedade faz parte, Dani!
    Com a preparação que você está fazendo, vai dar tudo certo.
    Abraço,
    Greice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Greice,
      Obrigada, tomara que dê tudo certo. Estou treinando pra isso!
      Abraço.

      Excluir
  2. Olá.
    Esse chá não é muito diurético?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É diurético sim, Vanessa, mas para a dieta que eu faço onde um dos focos é evitar o acúmulo de gordura, o chá é perfeito.

      Excluir
  3. Oi Dani!!! Que legal... Não se preocupe, pois tudo dará certo. Afinal, pelo o que eu li aqui, você está SUPER preparada!!!!
    Bons treinos e boa viagem!!! (mas passarei antes por aqui e desejarei de novo, ha ha ha ha).
    Super beijo
    Carolina
    Blog Viajar correndo
    Facebook
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela força, Carol, é sempre bom receber boas vibrações.
      Beijo,
      Dani.

      Excluir

Postar um comentário