Correndo em Paris

Paris romântica, emocionante, histórica, vibrante, elegante! Prepare seu coração e vamos falar de Paris! Paris para namorar, Paris para correr... 

As pontes de Paris, os jardins, as praças, os monumentos, os museus, as lojas deslumbrantes, os palácios, o croque-monsieur, todo o requinte, o sotaque, os cafés, os vinhos e as suas ruas.

Correr é um esporte que caiu nas graças dos parisienses, os parques e os canais estão absolutamente repletos de corredores. Mais de 33 mil pessoas ocupam as ruas para correr a Maratona de Paris.

A planilha de treinos para depois da meia maratona dizia que eu deveria fazer meu primeiro treino regenerativo na quarta-feira, pois havia corrido 21 km no domingo. E como eu sou obediente, saí na quarta às 8 e pouco da manhã para correr uns 5 km de leve pelas ruas de Paris. Ótima maneira de conhecer alguns pontos turísticos enquanto se pratica atividade física.

Saímos, eu e meu irmão, às 8 e pouco da manhã em direção ao Rio Sena, mas depois de menos de 1 km decidimos voltar e pegar outro caminho, então fomos em direção ao Champs-Élysées. Nesse horário, o trânsito e as ruas da cidade já estavam bastante movimentadas, e diga-se de passagem, o trânsito de Paris é caótico, tem que ser muito corajoso para dirigir por lá. 

Subimos a avenida Champs-Élysées em direção ao Arco do Triunfo, acabei resolvendo 2 coisas nesse treino, fazendo o regenerativo e conhecendo mais um ponto turístico. O trajeto em direção ao Arco é subindo, sutilmente, mas subindo. Meu GPS demorou um pouco para ter sinal pois o tempo estava bem nublado nesse dia. 

Vimos muitas pessoas correndo na calçada da avenida. A Champs-Élysées é uma das vias mais largas de Paris, e as calçadas dela também são enorme, então tem espaço pros cafés colocarem suas mesinhas, pros pedestres que não são poucos e pra quem quer correr. 


Mas Paris tem lugares muito melhores para correr do que a Champs-Élysées. Os Jardins de Tuileries entre o Louvre e a Place de La Concorde. Les Jardins do Palais Royal. A Place de Vosgues, a mais antiga praça de Paris localizada do bairro do Marais. Champ de Mars aos pés da Torre Eiffel. E as margens do Sena, onde é possível ver uma série de monumentos. Mas esses são só alguns, tem muito mais. 

E então, gostou desse post? Deixe seu comentário e até o próximo.

Comentários

  1. Nada mal treinar num lugar assim, hein?
    Paris realmente é especial!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada mal mesmo, Giulia! E como eu falei, tem outros lugares mais bonitos lá para correr!

      Excluir
  2. Olá Dani!
    Não conheço Paris, mas está nos meus planos.
    Parabéns pela meia maratona.
    Abraço,
    Antero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena, Antero, acho que é a cidade mais bonita que conheço!

      Excluir
  3. Oi Dani! Muito chique esse treino na Champs-Élysées! Além de trabalhar o corpo, ainda "trabalhou" os sentidos com a visão e o cheiro daquelas lojas incríveis, he he he he...
    Um super beijo
    Carolina

    Blog Viajar correndo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal, né? Mas sabe que eu achei a Champs-Élysées bem americanizada! Algumas poucas lojas francesas e muitas lojas de cadeias americanas, inclusive vão inaugurar esse mês lá o Five Guys, aquela cadeia de hamburguer americano que tem em NY, Orlando, Vegas!
      Beijão,
      Dani.

      Excluir

Postar um comentário